FANDOM


Ajuda
Papa-Capim
Papa-Capim em 'O Bumerangue'
Informações de Fundo
Filmes
Uma Aventura no Tempo
Dublador(es)
Rita Almeida
Informações do Personagem
Aparência e Personalidade
Jovem índio de cabelo liso da cor preta, de pele bronzeada e usa uma tanga vermelha. Esperto, sagaz, gentil, bondoso, ingênuo, líder, aventureiro e perspicaz.
Afiliações
Turma e Tribo do Papa-Capim.
Moradia
Oca na Aldeia da Floresta Amazônica.
Família
Mãe do Papa-Capim
Entre outros (...)
Animais de Estimação
Guatira
Amigos
Cafuné, Jurema (interesse amoroso), Pajé, Cacique, Iracema, Jacira, (...)

O Papa-Capim é um dos personagens principais, com sua própria Turma e histórias protagonizadas. Ele é um sagaz e bondoso indiozinho, perfeitamente integrado à sua tribo indígena e à natureza da Floresta Amazônica,[1] lugar onde mora com seus amigos e família, cultivando as lendas e a rica cultura dos índios de todo o país, em aventuras singelas e perigosas por entre a mata selvagem, porém bela, do Brasil. Vivenciando e descobrindo novas coisas com o passar do tempo, Papa-Capim explora a fauna e a flora brasileira, enquanto começa a saber um pouco da exótica cultura dos "Caraíbas" (nome que sua tribo deu a população da cidade grande), na qual o Papa-Capim sempre hesita em conhecer, por conta de já saber da fama de muitos deles em destruir florestas e matar animais para êxito próprio.

Papa-Capim deseja ser um grande guerreiro de sua tribo um dia, como o Cacique, mas enquanto a oportunidade não chega, ele costuma passar o tempo se aventurando por entre os aglomerados de árvores, encontrando animais encantadores e outros perigosos, ou até mesmo avistando objetos deixados pelos Caraíbas durante suas viagens para a Floresta Amazônica, tentando entender, não pela sua ingenuidade, mas falta de compreensão do mundo exterior, como aquelas coisas funcionam. Frequentemente acompanhado com o Cafuné, o seu gentil e bobalhão melhor amigo, e também na parceria de seu interesse amoroso, a graciosa Jurema, os pequenos indiozinhos criam novas experiências, combatendo criaturas das lendas indígenas ou tentando descobrir um pouco mais sobre o mundo a sua volta com a ajuda do Pajé, poderoso ancião e curandeiro da tribo que costuma contar histórias com valiosas morais.

Além disso, o "curumim" - um termo tupi-guarani usado pela sua tribo para se referir a jovens índios - luta pela preservação da floresta, combatendo desmatadores e caçadores ilegais, e defendendo-a das queimadas, das fábricas, dos pastos e protegendo o planeta do aquecimento global. Papa-Capim foi criado pelo Mauricio de Sousa para tiras da Folhinha de S.Paulo, em 1960, e desde já, começou a aparecer mais nas edições da Turma da Mônica, ele já participou do filme de 2007, Uma Aventura no Tempo, e ganhou sua própria Graphic MSP, intitulada "Papa-Capim – Noite Branca", de 2016. Seu nome é uma referência ao pássaro homônimo, chamado de papa-capim-capuchinho.[2]

Características e traços Editar

Papa-Capim

Relacionamentos Editar

  • Cafuné - É o melhor amigo de Papa-Capim e vive sempre acompanhando nas caçadas e nas batalhas.
  • Jurema - Ela é uma linda indiazinha da aldeia e eles são apaixonados um pelo outro mas não podem namorar pela idade.
  • Sua mãe - Uma índia adulta, mãe do Papa-Capim, vive em sua oca preparando balaios e rendinhas.
  • Cacique - Chefe da tribo, além de ser o pai do Papa-Capim.
  • Pajé - Sábio ancião da tribo, ensina muitas coisas para o Papa-Capim e seus amigos.

Curiosidades Editar

  • Ele aparece no filme "Turma da Mônica em Uma Aventura no Tempo" como um índio do século XIX, porém, em seus quadrinhos, suas histórias costumam ser contemporâneas, sendo que as vezes contracena com homens brancos (que costumam ser chamados de caraíbas) com roupas e tecnólogias recentes e é mostrada a cidade a civilização.

Notas de rodapé Ajuda

  1. Às vezes, é mencionado como uma floresta ao sul da Bahia.
  2. de Sousa, Mauricio (2015). «Mauricio 80». São Paulo: Panini Comics. Mauricio 80 (1): 46. 90 páginas.