Fandom

Wiki Turma da Mônica

O Senhor dos Pincéis

1 348 páginas
Nesta wiki
Adicione uma página
Discussão0 Share

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

O Senhor dos Pincéis é a edição número 48 de Clássicos do Cinema, publicada em novembro de 2014. É uma paródia à saga O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien, cobrindo o primeiro livro/filme, A Sociedade do Anel. Está prevista a publicação de uma sequência, "As Duas Cores", baseada em As Duas Torres.

ElencoEditar

A Sociedade do Pincel
Elfofos
Hobbytes
Vilões
Outros

CuriosidadesEditar

Referências à obra de TolkienEditar

  • A inscrição do Um Pincel, mencionada também na narração inicial, diz, "Um pincel para a todos repintar", em referência às palavras que Sauron gravou no Um Anel quando o forjou: Um anel para a todos governar, um anel para encontrá-los; um anel para todos trazer e na escuridão aprisioná-los.
  • Em um momento da narração inicial, é dito "o mito virou livro... que virou filme... o filme virou paródia em HQ...", fazendo referência à própria trajetória da obra, que começou com os livros (publicados em 1954 e 1955), os quais foram depois adaptados para o cinema (as mais conhecidas adaptações sendo os filmes de Peter Jackson, nos quais a história se inspirou), até chegar a esta história (a paródia em HQ).
  • Quando Gandalfão transforma a porta da casa de Bildu em uma porta redonda, Bildu critica a ideia; no livro e nos filmes, as casas dos hobbits tem portas redonda.
  • Bildu pede 111 velinhas no bolo que Gandalfão conjura para ele; a história original se inicia com o aniversário de 111 anos de Bilbo.
  • Bugolum pode ser visto em vários pontos da história seguindo Cebolodo e seus amigos. Inclusive, pouco antes de ele atacar os heróis, Gandalfão menciona que Bugolum os tem seguido "desde a página 10" (nesse ponto, a história já está na página 34). No filme, Gandalf nota que Gollum está em Moria seguindo a Sociedade do Anel (e ele aparece brevemente nas sombras como Bugolum), mas ele não faz parte do ataque que segue.
  • Quando Cebolodo pergunta a Bildu como ele obteve o Um Pincel, Bildu responde "isso é coisa pra outro filme", uma referência à história de O Hobbit, que se passa anos antes de O Senhor dos Anéis, e teve uma adaptação cinematográfica separada em três filmes.
  • Gandalfão frequentemente diz a frase "com mil tolquins!", em referência ao criador da obra, J.R.R. Tolkien.
  • Depois de uma avalanche, Contramir encontra o Um Pincel e se recusa a devolvê-lo para Cebolodo; isto se refere ao fato de que Boromir, pouco a pouco, estava sucumbindo à sedução do Um Anel, mesmo sem usá-lo, e chegou até a tentar tomá-lo de Frodo à força.
  • A rivalidade entre elfos e anões é aludida quando os personagens se preparam para ir a Lorotaen, com Glimácio e Legolouco falando mal da raça um do outro.
  • O poder de invisibilidade concedido ao usuário do Um Anel é representado na história quando Cebolodo usa o Um Pincel para pintar um portal através do qual ele desaparece para escapar dos Lodokais.
    • Antes disso, quando Monicam arranja briga na estalagem Jumenta Voadora Saltitante, fazendo com que os Fantasguls os encontrem com o Um Pincel, Cebolodo começa a chorar dizendo que quer sumir, aludindo ao poder do artefato.
  • No final da história, quando Cebolodo se sente desmotivado após o rapto de Merreco e Dududim, Monicam o motiva dizendo "esta é só a primeira parte da trilogia".
  • Sansão inspira tanto a frase "Meu San..." (referência a Sam declarar ser "O seu Sam") como "Meu plecioso".

TrocadilhosEditar

  • Elfos, hobbits, anões: Elfofos, Hobbytes (todos tem um hobby) e Nanicões
  • Orcs e Uruk-Hai: Porcs (porcos humanos) e Lodukais
  • Terra-Média: Terra Café-com-Leite (uma média)
  • Rohan: Tesouran
  • Moria \ Minas Tirith: Minas Tirinta
  • Lothlorien: Loraten
  • Mordor, Montanha da Perdição: Mauodor, Montanha do Porcalhão
  • Gondor: Gordor ("Quem é gorda!")
  • Ferroada: Feijoada

OutrosEditar

  • Quando a narração inicial fala dos Sete Pincéis para os Reis Nanicões, ela diz que eles "eram anões, mas não conheciam a Branca de Neve". Mais tarde Monicam começa a cantar "Eu Vou, Eu Vou".
  • Isildão sendo atacado por um tubarão é referência ao pôster de Tubarão 2.
  • Quando Gandalfão pergunta se Bildu mencionou "você sabe o que" para Cebolodo, Bildu pergunta se ele está falando de "Valdemarte", uma referência ao vilão Voldemort, de Harry Potter.
  • Ao sair em sua jornada, Bildu começa a dizer "Audaciosamente, indo aonde..." antes de ser interrompido por Cebolodo. Esta frase é parte da introdução da série clássica de Jornada nas Estrelas.
  • Gandalfão explica que o Um Pincel pode repintar Sousauron como algo pior que sua forma antiga, por exemplo, "um super-herói desproporcional dos anos 90", uma crítica ao estilo que predominou nos quadrinhos americanos da época, mais notoriamente em quadrinhos desenhados por Rob Liefeld.
  • Quando os Fantasguls partem para o Condado Quadrado, há uma placa apontando em diversas direções para a Terra do Nunca (Peter Pan), "Ozz" (a terra-título de O Mágico de Oz) e "Sárnia" (de As Crônicas de Nárnia).
    • "Ozz" pode também ser um trocadilho com Ozzy Osbourne, cujo primeiro álbum solo (de 1980) tinha o título de Blizzard of Ozz, por sua vez um trocadilho com Wizard of Oz.
  • Assistindo à "batalha" entre Sarufei e Gandalfão, Sousauron pergunta "cadê os raios, os sabres de luz?", esta última parte em referência a Guerra nas Estrelas.
  • Notavelmente, o temperamento da Mônica está pior do que o normal nesta história. Ela se ofende com comentários muito menos ofensivos do que o normal, chegando a iniciar uma briga de bar e arruinar a fuga dos hobbytes simplesmente porque o estalajadeiro se referiu ao grupo como "pequeninos", sem qualquer intenção ofensiva.
  • Quando os hobbytes chegam à estalagem Jumenta Voadora Saltitante, diversos personagens representando com relações à nobreza ou a temas medievais podem ser vistos:
  • No primeiro quadro da página 26, ao lado de Bugolum, atrás do arbusto ao centro, Geninho (personagem do desenho da She-Ra que sempre aparece oculto em cada episódio) pode ser visto.
  • No início do Conselho de Elrondinho, Dududim é visto lendo um gibi de "X-Main". Monicam lê outro gibi da série estampando na capa Magneto (assim como Gandalf, interpretado por Ian McKellen).
  • Antes de a Sociedade do Pincel sair do Conselho de Elrondinho, Dududim vê um Ewok. Quando chegam a Lorotaen, Dududim pergunta pelos mesmos.
  • Elrondinho deseja a Cebolodo "Que a Força... digo, que o arco-íris esteja com vocês", fazendo mais uma referência a Star Wars.
  • Quando os heróis começam sua jornada, eles cantam a música dos Sete Anões, mas param rapidamente quando Legolouco pede que cantem outra coisa.
  • Entre as palavras mágicas ditas por Gandalfão para tentar abrir a porta da Mina incluem Alorromoran (corruptela do feitiço de abrir portas em Harry Potter), Hocus Pocus e Presto (o feiticeiro de Caverna do Dragão).
  • Marinadriel cita a frase "unidos venceremos a semente do mal", da música "He-Man" do Trem da Alegria. Merreco chega a comentar "que coisa mais anos 80!" (a música em questão foi, de fato, gravada em 1986).
  • Quatro dos Lodokais de Sarufei utilizam as maquiagens dos membros do KISS.
  • O Aguanaut é adornado com estátuas gigantes dos "reis do passado", mais especificamente da Atlântida - no caso, são estátuas de Namor e Aquaman, no lugar das de Isildur e Anárion.
  • Quando Cebolodo usa o Um Pincel para desaparecer, um dos Lodokais pergunta ao outro: "pode isso, Arnaldo?" (que responde que esse não é seu nome)

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória