Fandom

Wiki Turma da Mônica

Jumenta Voadora

1 348 páginas
Nesta wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Lendas da Jumenta Voadora.png
A Jumenta Voadora, ou Jumentina, é um espírito do bem, as vezes é dito que assombra aqueles que não cuidam dos seus tapauér (potes plásticos). A Jumenta Voadora foi criada pelo Emerson Abreu.

Sua primeira aparição foi em "A Noite das Garotas", onde Cebolinha inventa a história da Jumenta Voadora para assustar Mônica, Magali e Denise, no entanto, é revelado que ela realmente existiu.

Ela reaparece na história "Lendas da Jumenta Voadora", em que Mônica, Magali e Denise conta novas histórias da Jumenta Voadora para o Dudu. Na linha do tempo da Turma da Mônica, é uma lenda muito famosa.

Lenda Editar

Veja o artigo principal: Jumenta Voadora (lenda)

Historia Editar

Em "A Noite das Garotas", Mônica, Magali e Denise decidem fazer uma reunião noturna de lanches até Cebolinha e Cascão aparecerem vestidos de meninas fazendo pouco da reunião delas e as encarando a acamparem fora de casa. As meninas aceitam o desafio e armam uma barraca enquanto Cebolinha e Cascão planejam um plano para assustá-las.

Cascão se veste de monstro enquanto que Cebolinha decide contar uma história de terror sobre Tuca, um garoto que após ir acampar com vários tapauérs na floresta recebeu a visita da Jumenta Voadora. As meninas assustadas se escondem enquanto que Cebolinha se encontra com uma Lesma Alienígena numa moita que a princípio ele pensa ser o Cascão, mas ao descobrir que era um alienígena real se esconde junto das meninas que não acreditam na sua história.

Cebolinha logo se encontra com Cascão e centenas de homens-lesmas invadindo a Terra. Cebolinha foge, mas Cascão é pego pelos homens-lesmas. Cebolinha foge até as garotas que ao ver os homens-lesmas se assustam a princípio, mas até descobrirem que eram alienígenas decidem encarar-los jogando sal neles, salvando Cascão, os prendendo dentro do tapauérs e os levando de volta ao disco voador com a ajuda do Seu Sousa e Dona Luísa. No final Mônica se encontra com a Jumenta Voadora (que por sinal existia) e vira amiga dela pra espanto do Cebolinha e Cascão.

Em "Lendas da Jumenta Voadora", Mônica, Magali e Denise decidem fazer outra reunião noturna comendo lanches, mas no entanto Dudu vai junto de Magali para a noite das garotas. Dudu começa a incomodar as meninas por causa dos lanches até Mônica e as meninas terem a ideia de contarem a Dudu histórias da Jumenta Voadora:

A FILA DO BANCO, por Magali - A primeira história é a da Magali, que conta a lenda em que a Jumenta Voadora foi depositar uma maionese no banco, mas como os caixas eram lerdos, quando a Jumenta ia ser atendida, a maionese tinha apodrecido. Por causa disso, A Jumenta Voadora transformou os caixas em lesmas, e dizem que eles estão bem mais rápidos agora.
A GELADEIRA DO TERROR, por Mônica - A segunda história, narrada por Mônica, fala de uma menina denominada "Menininha Linda e Formosa" muito parecida com a Mônica, na qual guardou metade de uma lasanha em um pote de plástico na geladeira para iniciar uma dieta comendo só couve-de-bruxelas. Porém sete dias depois, a lasanha apodreceu e criou uma poça de bolhas, que acabou se transformando na Jumenta Voadora. Essa história é uma paródia óbvia ao filme O Chamado, pois a menina recebe um telefonema da Jumenta Voadora avisando que ela devia pagar, mas a história é interrompida por Magali.
GÊNESE, primeira história de Denise - Foi a primeira história que Denise contou onde a Jumenta Voadora (como Deus) aparece criando o universo. Denise desistiu da história, pois Mônica achou exagerada demais. Paródia do livro bíblico "Gênesis".
A TENEBROSA MULA DAS PROFUNDEZAS, segunda história de Denise - Foi a segunda história que Denise contou onde a Jumenta Voadora aparece como um zumbi de um cemitério. Denise também desistiu da história, pois Mônica disse que jumentas não são enterradas em cemitérios.
A ORIGEM DA JUMENTA VOADORA, terceira e última de Denise - A última história que Denise contou e por completo contando o surgimento da Jumenta Voadora. Ela era uma jumenta caipira que, ao ajudar uma vaca alemã, caiu dentro de um buraco. Lá dentro, ela ficou sete dias até que um passarinho a visse e a ensinasse a voar. Porém o vilão da história (O Dudu com um narigão) jogou mamonas nos olhos da Jumenta, deixando-a cega. Enquanto voava pelo céu ela foi atropelada pelo trenó do Coelhinho da Páscoa.

E logo após disso, Dudu começa a desconfiar que a Jumenta Voadora não existia até a Jumenta aparece de repente na reunião, deixando o Dudu assustado e fazendo-o ir embora correndo. No final a Jumenta fala pras meninas que acabava de vir do banco, uma menção de que história contada por Magali era verdadeira.

Ela aparece na saga Coelhada Nas Estrelas junto com o espirito de Fran-Jinha Kenobi, em sua primeira aparição, "O Feio Contra-Ataca", ela aparece em uma visão de Cascão Cauióqui perguntando-o se ele tem um tapaué para ela proteger, Cascão Cauióqui pergunta quem é ela e a Jumenta Voadora responde seu nome, e logo pergunta se ele não lê a Turma da Mônica, fazendo uma menção a sua primeira aparição, "A Noite Das Garotas" de Mônica N° 214.

Jumenta Voadora - Retorno do Jedito.png

Ela em "O Retorno do Jedito".

Pouco tempo depois o narrador fala que não era bem essa a visão de Cascão Cauióqui, e logo aparece o Fran-Jinha Kenobi dizendo que Cascão Cauióqui deverá ir ao sistema Dinobah e desaparece junto com a Jumenta Voadora. Na edição seguinte, "O Retorno do Jedito" ela reaparece novamente com Fran-Jinha Kenobi em Dinobah, na qual ele fala que a Jumenta não desgruda dele, a Jumenta Voadora aparece conversando com Nimbus2-D2 onde ela fala se ela não pode proteger o tapauér dele.

E ele pergunta se não pode almoçar mais em paz, em pouco tempo ela aparece fugindo com o tapauér do Nimbus2-D2. Quando Cascão Cauióqui estava conversando com o Fran-Jinha Kenobi ele caçoa da Princesa Moniquéia a denominando de dentuça, que arremessa um objeto de pelúcia semelhante a Jumenta Voadora, substituindo o Sansão. Depois disso, a Jumenta Voadora permanece em Dinobah por um tempo.

No final da edição, ela reaparece com Fran-Jinha Kenobi e o espirito de Yodácio na qual participa de um banquete "em família".

Em Cascão Nº 20 (Panini) ela aparece na história de abertura "O Sobrado Assombrado do Senhor Samir!", onde ela aparece na última página comemorando uma festa do Senhor Samir junto com outros personagens fantasmas ou mortos, como o Penadinho, Alminha, Elefante Fantasma, Cranicola, Dona Morte, etc.

Em "A Festa do Dia da Jumenta Voadora"

Curiosidades Editar

  • Em "A Noite das Garotas" os potes de plásticos são chamados de tapauérs, mas a partir de "Lendas da Jumenta Voadora" eles passam a serem chamados de potes plásticos.
    • Tapauér na verdade é uma paródia dos Tupperware, uma marca de potes de plástico cujo o nome foi escrito na pronúncia em "A Noite das Garotas".
  • Não se sabe realmente qual é a verdadeira origem da Jumenta Voadora, pois em "A Geladeira do Terror" Mônica diz que ela surgiu de uma lasanha apodrecida e em "A Origem da Jumenta Voadora" ela era uma jumenta normal que aprendeu a voar com a ajuda de um passarinho e morreu atropelada pelo coelhinho da páscoa.
  • O criador da Jumenta Voadora, fez um jogo dela com base do sucesso do jogo Flappy Bird onde consiste no pássaro como a Jumenta Voadora e os canos como tapauérs.
  • Em Mônica N° 9 da Panini Comics mostra Denise com um gibi da Jumenta Voadora no seu sótão.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória