FANDOM


Ajuda
Chico Bento
Chico bento
Informações de Fundo
Programas de Televisão
Turma da Mônica (seriado)
Dublador(es)
Dirceu Aparecido de Oliveira (1ª voz)
Alteires Coelho (2ª voz)
Inspiração
Inspirado no Tio Avô homônimo do Maurício de Sousa
Primeira Aparição
1963 (nas tiras de "Hiroshi e Zezinho" (Conhecidos agora como Hiro e Zé da Roça))
Informações do Personagem
Nome Completo
Francisco Antônio Bento
Aparência e Personalidade
Menino de 9 anos usando uma calça azul rasgada, um chapéu e seu pé não é calçado, completamente amigável e atencioso com seus bichos do sítio
Moradia
Sítio do Chico Bento
Família
Nhô Bento (pai)

Dona Cotinha (mãe)
Zé Lelé (primo)
Vó Dita (avó)
Zeca (primo)
Pais do Primo Zeca (tios)
Seu Leocadio (tio)

Dona Lalá (tia)
Amigos
Rosinha (namorada), Zé Lelé, Zé da Roça, Hiro, Nhô Lau, Dona Marocas, Padre Lino
Inimigos
Nhô Lau (ocasionalmente), Onça Pintada
Frases
"Ara!"

Francisco "Chico" Antônio Bento [1] é um dos personagens principais dos estúdios da M.S.P, sendo um dos 5 protagonistas de histórias solos, como a Mônica, o Cebolinha, a Magali e o Cascão, a terem suas próprias revistas no inicio da fundação do estúdio. Chico Bento é um garoto caipira que vive na Vila Abobrinha, no interior de São Paulo.

Sua primeira aparição nos quadrinhos foi em 1963 na tirinha "Hiroshi e Zezinho" (que passaram a ser chamados de Hiro e Zé da Roça). Conforme o tempo, ganhou mais espaço nesse núcleo, até se tornar o protagonista de suas próprias histórias. Ganhou sua própria revista em 26 de agosto de 1982.

Compõe um núcleo independe da Turma da Mônica, morando longe e sem nenhuma ligação com os personagens do Bairro do Limoeiro, raramente contracenando com os mesmos, apenas em casos especiais.

Música Tema Editar

Ara, meu nome é Chico Bento, alegre e caipirão

Chapé de paia e pé no chão!

Mar o dia vem raiando, vou ver o sor saí

E vortá pra durmi

Chico Bento, Chico Bento

Caboclinho, alegre e folgado

Chico Bento, Chico Bento

Parece até que nasceu já cansado!

Img25x

Voz Editar

Nas animações da Turma da Mônica Chico Bento é dublado por Dirceu Aparecido de Oliveira e Alteires Coelho.

VisualEditar

Chico sempre usa  um chapéu de palha, uma camiseta amarela e bermudas azuis,ele vive descalço só em ocasiões especiais que usa uma botina marrom.

Curiosidades Editar

  • Foi inspirado no Tio Avô homônimo do Mauricio de Sousa.
  • Mora em um humilde sitiozinho na Vila Abobrinha, no qual cria carinhosamente muitos animais.
  • Não tira notas boas na escola, e adora cabular as aulas para nadar no laguinho com os amigos. Já foi revelado que Chico sofre de défici de atenção.
  • É talvez o personagem mais polêmico das histórias do Mauricio de Sousa, sendo que no início de suas publicações em seu gibi, seu "caipirês" teve que ser retirado e substituído pelo português correto em função da alfabetização das crianças. Mais tarde, a censura seria descartada, sendo que até hoje suas falas possuem leves erros de português.
  • Outra controvérsia foi o fato dele aparecer constantemente nadando nu nos laguinhos e rios da Vila Abobrinha em suas histórias. A nudez frontal foi censurada ou editada em certas republicações e gibis destinados a outros países. Por causa disso, hoje em dia ele só nada trajando calção de banho.
  • Outro costume que deixou de existir em suas histórias foram as frequentes caçadas, de onças a passarinhos, algo varridas dos quadrinhos pelo politicamente correto.
  • Já foi revelado que Chico Bento é do signo de Câncer (Ele nasceu em julho como revelado em É sete Chico Bento e também revelado pelo Instagram oficial que o seu aniversário é dia 1 de Julho), porém em uma história a avó dele afirma que ele nasceu no Dia de todos os Santos, mas para isso ele teria que ter nascido no dia 1º de novembro, que não está englobado no signo de Câncer, e sim de Escorpião.
  • Toda edição da revista dele em julho fala sobre seu aniversário.
  • Na histórinha "Tudo Junto e Misturado" foi revelado que ele tem decendencia indigena, africana, italiana, arabe, espanhola e francesa.

Referências Editar

  1. Graphic MSP Nº 3 - Chico Bento em Pavor Espaciar, Pág. 73 (quadrinho 4)