Fandom

Wiki Turma da Mônica

Arte na Praça/Transcrição

< Arte na Praça

1 348 páginas
Nesta wiki
Adicione uma página
Discussão0 Share

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

  • Marina: MÔNICA!!
  • Mônica: Ah, Marina! É você!
  • Marina: A exposição é hoje! Esqueceu?
  • Mônica: Claro que não!
  • Marina: Você prometeu me ajudar a organizar tudo!
  • Mônica: Deixa comigo Marina!
  • Marina: Ai! Estou tão emocionada! Minha primeira exposição! Mesmo não sendo numa galeria de artes... expor na praça também é super-legal! Afinal, a praça é um lugar democrático! Aberto a todas as formas de expressão!
  • Mônica: Este muro está bom?
  • Marina: Tá ótimo! Vamos ajeitar tudo por aqui!
  • Mônica: Vai ficar bonito!
  • Marina: Vamos colocar em ordem! Os meus primeiros esboços... Minhas naturezas-mortas! Minhas paisagens! Animais! Corpo humano!

Marina pega um desenho feito por Cebolinha onde aparecia a Mônica de um jeito estranho.

  • Marina: Ué! Não me lembro dessa minha fase cubista! Engraçado quem era esse modelo?

Mônica olha para Marina com cara de brava.

  • Marina: Não fui eu que fiz isto, Mônica!
  • Cebolinha: Se não vão complar, coloquem de volta ao lugar!
  • Marina: Cebolinha, que ideia foi essa?
  • Mônica: Tá querendo atrapalhar a exposição da Marina?
  • Cebolinha: A plaça é um espaço democlático! Abelto a todas as folmas de explessão!
  • Marina: Acho que fui eu que disse isso lá atrás!
  • Mônica: Esses rabicos não são arte!
  • Cebolinha: Desde quando você é clítica especializada?
  • Mônica: Você tá fazendo isso pra me irritar
  • Cebolinha: Sou apenas um altista tentando mostlar seu tlabalho! Uma pelsonalidade inquieta e conflitante tentando encontlar o seu plóplio eu!
  • Mônica: O meu eu?
  • Cebolinha: O seu, não! O meu!
  • Mônica: Então, pra que tá fazendo desenhos meus?
  • Cebolinha: Tento letlatar os hololes do mundo comtepolâneo!
  • Marina: Deixa pra lá, Mônica! Ele tem o direito de estar aqui também!
  • Mônica: Ele é muito abusado
  • Cebolinha: Ai, ai! Não aguento essa guela de vaidades que alguns colegas plomovem!
  • Xaveco: Oi, Marina! Fiquei sabendo da sua exposição! Ela tá demais!
  • Marina: Obrigada, Xaveco! Resolvi expor alguns quadros para que as pessoas conheçam o meu trabalho!
  • Xaveco: Legal, parabéns! Ué, Cebolinha! Não sabia que você também ia expor!
  • Cebolinha: Eu sou assim! Multitalentoso, multifacetado, multicololido e multioutlas coisas também!
  • Xaveco: Quer que as pessoas conheçam o seu trabalho também?
  • Cebolinha: Bem, não... Eu tava pensando mais em fortuna mesmo!
  • Xaveco: Quê? Aí só tem desenho pra zoar a Mônica!
  • Cebolinha: Toda exposição tem um tema
  • Xaveco: Até meu primo de dois anos desenha melhor!
  • Cebolinha: Mentila! O seu plimo tem tlês anos! Ele colole pla fola e ainda come giz de cela!
  • Xaveco: Desista! Ninguém vai querer ver isso!
  • Cebolinha: Ola... Ô Malina! Você tá atlapalhando meu negócio!
  • Marina: Ué! Por quê?
  • Cebolinha: Você tem que expor suas pintulas mais longe! Quando as pessoas chegam aqui, já estão enjoados de ver quadlos!
  • Mônica: Acho que o problema é outro!
  • Marina: Eu organizei essa exposição há muito tempo! É só pras pessoas apreciarem! Não é uma competição!
  • Cebolinha: Esse amadolismo que plejudica a classe! Pois eu não tenho medo de concolência! Só pleciso de mais divulgação!

Ele escreveu na placa: "Só hoje: Grande exposição"

Ele escreveu na placa: "Só hoje: Maravilhosa exposição"

Ele escreveu na placa: "Só hoje: Estupenda exposição"

  • Cebolinha: As pessoas não valolizam mais a alte!

Ele escreveu na placa: "A maior exposição de todos os tempos"

  • Cebolinha: Pleciso descoblir o que tá me atlapalhando!

Ele escreveu na placa: "Vejam esses quadros, por favor!

  • Menino Desconhecido: Legal! Quero meu desenho!

Na placa da Marina está escrito: "Faço seu retrato"

  • Cebolinha: Então, é isso! É por isso que ninguém chega até a minha exposição! A Malina tá jogando pesado! Pleciso agir! O que é aquilo de bobeila ali? O lápis mágico da Malina! É o que eu pleciso pla esquentar os negócios!
  • Marina: Puxa, Mônica! Acho que fiz muito retratos!
  • Mônica: É, agora deu uma folga! Pensei que o Cebolinha já tivesse desistido!

Cebolinha escreveu ironicamente na sua placa a continuação da placa de Marina: "...Eu também! Só que melhor!"

  • Cebolinha: Plontinho! Aí está o seu desenho! Nem plecisa calegar!
  • Cascão: Legal!
  • Marina: CEBOLINHA!! O que você tá fazendo?
  • Cebolinha: Ola, tô tocando meu negócio honestamente! E vai indo muito bem!
  • Marina: Honestamente, vírgula! Você pegou meu lápis!
  • Cebolinha: Tava jogado por aí!
  • Marina: Me devolve já isso!
  • Cebolinha: Você não supolta o sucesso alheio, né?
  • Marina: Sinto muito, Cascão! Vamos ter que apagar o seu desenho!
  • Cascão: Mas eu paguei por ele!
  • Mônica: Devolve o dinheiro dele!
  • Cebolinha: Ele não pagou em dinheilo!
  • Cascão: Aposto que tá faltando jujuba aqui!
  • Mônica: O Cebolinha sempre apronta!
  • Cebolinha: Sou um altista incompleendido!
  • Marina: Esse foi o único desenho que você fez?
  • Cebolinha: Foi! Agola que eu ia começar a fazer sucesso! Já vi que não dá pla viver de alte!
  • Marina: É só aprender a desenhar e pintar e se dedicar bastante!
  • Cebolinha: Assim dá muito tlabalho!
  • Mônica: Deixa ele, Marina! Aquele lá não toma jeito!
  • Marina: Bem, vamos recolher os desenhos! Tirando isso, a exposição foi um sucesso!
  • Mônica: Eu adorei! Quem sabe, logo você organiza outra!

Marina e Mônica vê um desenho da Mônica que o Cebolinha fez com o lápis mágico.

  • Mônica: Ei, quem é essa? Nunca vi por aqui! Ela bem que tá precisando de um regiminho! E aqueles dentes? Meu pai!
  • Marina: Mônica! Aquela é você!
  • Mônica: O quê? Ficou doida, Marina?
  • Marina: É um desenho que o Cebolinha fez de você usando meu lápis mágico!
  • Mônica: Já tá na hora do Cebolinha levar uns cascudos!
  • Marina: Ele falou que não tinha feito outros!
  • Mônica: CEBOLINHA!!
  • Marina: Você não toma jeito!!
  • Cebolinha: O que foi agola?
  • Marina: O que foi? Dá uma olhada em quem tá vindo ali!
  • Cebolinha: Ué! É a Mônica! O que aconteceu? Você tem uma ilmã gêmea?
  • Mônica: Não! Você fez esse desenho tosco de mim!
  • Marina: Você disse que não tinha outro desenho!
  • Cebolinha: Ah! Acho que foi na hola em que eu tava platicando! Mas ficou pelfeito, né? As duas golduchas e dentuças! Palece até que tem um espelho aqui! Há! Há! Há! Mônicas, que calas são essas?
  • Mônica: Acho que você já fez arte demais por hoje!!
  • Cebolinha: Assim é covaldia!! Malina, faça alguma coisa!!
  • Marina: Vou fazer... Daqui a pouquinho! Antes, deixa ele aprender a lição! O autor é responsável por sua obra!

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória